Diga não ao machismo!

Video game é coisa de menino? Leiam essa materia e mude sua opinião!

Prometeram e não cumpriram

Vejam a lista de uma das maiores decepções do mundo gamer!

Um jogo quase perfeito

Analise de um dos melhores jogos já feito: The Last of Us - PS3 e PS4

Tiroteio na Galaxia!

Uma breve analise do Star Wars: Battlefront

Sequencia de Shadow of Mordor?

Rumor diz que será lançado um "Shadow of Mordor 2"

25 de abr de 2017

Desenvolvimento do Mercado de Games no Brasil

























Você que curte jogar um videogames de vez em quando, nunca deve ter parado para pensar no tamanho que o seu "hobby" representa hoje em dia no Brasil (e no mundo).

Antigamente, os videogames eram vistos como "coisas de gente que não tem o que fazer" e uma desculpa, para as crianças deixaram de estudar.

Mas hoje, com a tecnologia avançando muito, os videogames viraram um estilo de vida, uma profissão e em alguns países (mais evoluídos), se tornou um esporte.

O objetivo desse post, é trazer para você que assim como eu, é apaixonado pelo mercado de games, um infográfico com o crescimento do mercado em 2016 e quais são as projeções para o futuro.

Alguns dados interessantes:

  • No Brasil, o faturamento no ano passado foi na casa de US$1.25 bilhões de dólares.
  • De todo o povo brasileiro que joga, 52,6% são mulheres (videogame não é coisa de homem).
  • 34,8% do público brasileiro estão na faixa dos 35 a 54 anos! (videogame não é coisa de criança).

Esses são apenas alguns dados que eu acho interessante receber destaque, para quebrar alguns bordões que já são ensaiados pelos nossos pais e pessoas mais conservadoras.

Confira abaixo, o infográfico na íntegra:

mercado-de-games-no-brasil


Autor do conteúdo: Rafael Querido, 24 anos, consultor de marketing, noivo da Lenise, dono do Segredo dos games


21 de mar de 2017

Dark Souls 2 - Analise

Recentemente eu postei uma analise sobre o primeiro Dark Souls, sim, aquele jogo que eu me matei pra zerar. Fiquei tão viciado na metade do jogo que decidi comprar o segundo e o terceiro jogo e pensei "Porque eu não joguei isso antes? Cara, é muito bom!"

Resultado de imagem para Dark Souls 2

Zerei toda a trilogia, e estarei trazendo analises dos três jogos.

Como eu disse sobre oque é Dark Souls na analise do primeiro jogo, não estarei falando muita coisa nessa analise, pois a pegada é a mesma. Leia a analise do Dark Souls 1 e fique por dentro da mecânica da saga.


ESTATÍSTICAS: 
Plataforma(s): Playstation 3, Xbox 360, PC, Xbox One (scholar of the first sin)
O analisador jogou no: Xbox One ( scholar of the first sin)
Desenvolvedora(s): From Software
Publicadora(s) Bandai Namco
Data(s) de lançamento:  11 de março de 2014
Gênero(s)RPG de ação, Dungeon
Modo(s) de jogoSingleplayer, Multiplayer (Coop - Pvp) 

O QUE MUDOU EM DARK SOULS 2?

Resultado de imagem para dark souls 2 scholar of the first sin


Como não tem muito o que falar sobre o jogo, pois tudo que é importante eu ja falei na analise do primeiro, eu estarei falando das mudanças que ocorreu no segundo que não foram poucas.


Dificuldade:
Claro, esse é o primeiro ponto que vamos analisar. Muitos falam que a dificuldade de Dark Souls 2 é inferior ao seu antecessor, e sim, podemos confirmar que isso é verdade. Dark Souls 2 é mais fácil por causa da abundancia em itens de cura, nesse jogo, não temos apenas o Estus Flask como principal fonte de cura, também temos a pedra da vida, benção divina e muitos outros.

Em Dark Souls 2, está muito mais fácil de upar, meu personagem está no level 125 e só preciso de mais ou menos 50 mil almas para upar e no primeiro estou no 105 e preciso de mais de 60 mil. Ou seja, você upa muito fácil no segundo jogo.

No segundo jogo, meu personagem é um guerreiro, seguido de mago, pyromancer e clérigo sem nenhum esforço eu carregava um cajado, sino, luva piromantica e uma Great Sword e ainda ficar leve e conseguir rolar, sem falar nos chefes, que muito deles são fáceis, com exceções, é claro.

Mas para os veteranos em Dark Souls que acham fácil de mais, tem com aumentar a dificuldade queimando um item na fogueira, assim dando um "New Games+" apenas naquele mapa onde a fogueira se encontra, os inimigos estarão com o dobro do level, assim te matando em dois hits... ou em apenas um. Basta queimar o "bonfire ascetic" e se preparar para morrer.

As fogueiras que é o porto seguro dos jogadores e muito distantes, agora estão mais acessíveis, uma mais perto da outra, assim facilitando a vida do jogador que procura por um "checkpoint" mais perto do seu objetivo, sem falar que agora o Fast Travel entre as fogueiras está disponível desdo o inicio do jogo,  a fim de agilizar o movimento, evitando tempo de inatividade pelo jogo.

Jogabilidade:
A jogabilidade do jogo está muito diferente, ele está muito mais rápido e fluído, coisa que o primeiro não era, assim facilitando a vida dos jogadores que sofreram com os movimentos lentos e demorados do seu personagem no primeiro.

Graficos, audio e trilha sonora:
Agora vamos para o menos importante, a mudança de gráficos já é obvia e está na cara que ficou bem melhor, está um pouco mais colorido e dinâmico que o primeiro, mas ainda assim dá aquela impressão que é apenas um gráfico cinza melhorado, pois as texturas e as cores não melhoraram muito.

Criação de personagem:
Imagem relacionada

A criação de personagem está muito melhor do que a do primeiro jogo, sendo possivel criar personagens menos feios, com mais variedades de cor de cabelos, penteados, barbas, tatuagens e outras coisas. Foi tirado a classe Pyromancer e Thief, mas ainda podemos usar Piromancias durante o jogo e ser rapido e leve com um Thief.


MAS NEM TUDO SÃO FLORES
Resultado de imagem para Dark Souls 2 Boss

Muitas coisas foram facilitadas em Dark Souls II, mas outras serviram apenas pra dificultar a vida do jogador. Uma delas é o novo "padrão" de ataques dos inimigos, principalmente dos chefes. Eles tiveram a animações fora reelaboradas, dando movimentos diferentes doque estavamos acostumados, Pode parecer algo simples, mas ter que lidar com um adversário que antes só atacava verticalmente e agora ganhou um movimento horizontal se mostra uma tarefa dificil de se acostumar e ter que estudar o adversario novamente até se acostumar com esse novo padrão de ataque. 

Outro aspecto que dificultou bastante foi o numero de inimigos em um cenario, você vai entrar em muitos lugares e vão levantar mais ou menos 10 inimigos para te atacar, sem falar no que estão escondidos e te pegam por trás. Você pode está ocupado matando um inimigo qualquer, e do nada aparecer um inimigo mais forte, ou uma flecha ser atirada em sua cabeça. 

Muitos mapas possuem armadilhas escondidas, então é sempre bom olhar onde pisa. Sem falar nos Dark Spirits que invadem o seu mundo o tempo inteiro, sendo jogador ou npc. 

CONCLUSÃO:
Dark Souls II pode ter ficado muito diferente do seu antecessor, mas ainda continua com a mesma essência e carisma. Ainda continua sendo viciante e desafiador, tanto que hoje em dia ela é a minha trilgia de RPG favorita e a que mais me marcou.  
Resultado de imagem para Dark Souls 2 Wallpaper

 O game é bastante punitivo, mas nunca injusto. Usando uma base moderadamente fácil de dominar, o título simplesmente exige que você siga suas proprias regras para sobreviver e chegar até o final 


VALE A PENA? 
Se você chegou ao final do primeiro Dark Souls, esse também vale muito a pena. 









7 de dez de 2016

As maiores decepções dos games!

E ai, pessoal. Tudo tranquilo? Estou sumido não é mesmo? Pois é, minha vida social é muito puxada e mal tenho tempo para o meu amado Blog. Mas estou de volta com outra matéria, falando sobre as decepções do Mundo Gamer, aqueles jogos que nos deram expectativas altas e esperamos muito, para que depois do seu esboço na E3 ou nas divulgações de lançamentos, ou seja, aquele ódio que sentimos quando esperamos algo bom, pra receber pela metade e mal feito. Então, vamos para a lista?

Too Human
Resultado de imagem para Too Human

Quase todos os antigos ou atuais usuarios do Xbox 360 já jogou esse game ou ainda jogam, mas gostar? É pra poucos. Too Human prometia revolucionar a empresa, mas foi o contrario disso, na epoca, uma das poucas coisas legais no jogo eram os seus graficos, Alguns podem não saber, mas Too Human demorou quase uma década para ser lançado, ele foi apresentado na E3 em 1999 e iria ser lançado para o PSOne. Mas o game sofreu uma série de adaptações após seu estúdio de desenvolvimento. A Silicon Knights fechou uma parceria com a Nintendo, no começo da década, que rendeu um dos games mais criativos dos últimos anos, "Eternal Darkness". Contudo, o acordo entre ambas as empresas chegou ao fim e o já longo processo de desenvolvimento de "Too Human" ainda não havia se concretizado.

Então, após quase 10 anos de espera,Silicon Knights e a Microsoft Game Studios entra em um acordo de parceria e Too Human encontrou um lar no Xbox 360 e foi lançado exclusivamente para o console da geração passada. Não que isso tenha significado o fim dos problemas para a equipe de criação do jogo, que comprou briga com a Epic Games, a qual perdura até hoje. Enfim, vamos deixar a inimizade de lado. Too Human finalmente ganha sua data de lançamento e chega as lojas, mas ele realmente foi o RPG revolucionário que muitos esperavam na época? Não! a experiência resultante entediava de tão genérica e a jogabilidade era horrivel para se acostumar, muitos que zeraram, terminaram o jogo somente pela a historia, pois apesar de tantos erros, Too Human teve uma historia bem escrita e bem desenvolvida. 

Um dos pontos fracos de Too Human são suas horas de duração, par aum jogo que demorou dez anos para ser lançado, tem uma duração um pouco mais de 10 horas um número considerado baixíssimo para um jogo do gênero.

A trilha sonora, embora não traga melodias muito marcantes, é bonita, mas simplesmente parece não combinar com o estilo de "Too Human". É no mínimo bizarro ouvir violinos melancólicos em um ritmo lento, quase funesto, enquanto você enfrenta desenfreadamente robôs em fortalezas escuras e futuristas, para algumas horas depois a trilha mudar para um rock pesado. Vai entender?

Oque quero dizer é, a empresa colocou um marketing consideravelmente grande no game, 10 anos de produção, para sair algo pela a metade e feito com pouca vontade. 


DUKE NUKEM: FOREVER

Resultado de imagem para duke nukem forever
Aposto que muitos já imaginavam esse game na lista, mas não é a toa que um game sairia tão ultrapassado e decepcionante depois de 15 ANOS de espera e também vir algo pela a metade. Claro, o jogo vendeu muito porque a saga Duke Nukem não é desconhecida e nem novata no mundo dos games e tiverem 15 anos de espera. no entanto, isso agora é uma desvantagem, pois houve forte rejeição por parte dos fãs quando chegarem em casa e se depararam que o produto que compraram não tem a qualidade que eles esperavam.

Além de nos decepcionar, a empresa sempre lançava novos trailer e gameplays ao decorrer dos anos, cada um mais diferente do outro. Quando o resultado saiu, foi decepcionante. 

O jogo é divertido, mas apenas isso, é o tipo de jogo que você jogava apenas para se distrair, aquele jogo que ficava jogado em sua prateleira e só o pegava quando não tinha mais uma opção, querer realmente zerar esse jogo não era sua prioridade, ou seja, se tornou completamente o contrario do que era antes. 

DEAD ISLAND


Resultado de imagem para dead island wallpaper
Você lembra do jogo que ficou na boca do povo apenas por causa do seu primeiro trailer, O Teaser deixou todos de queixos caídos, e realmente é incrível e por causa do seu trailer criativo e inovador todos já auto titulavam o jogo como "Goty" (Game of The Year) e todos já esperavam pelo o lançamento e mais noticias sobre o jogo. Depois do trailer, veio as gameplays, e todos já ficaram com o pé atrás com o jogo, pois parecia um Left 4 Dead em mundo aberto e que a historia seria fraca ( e realmente foi, que final ruim é aquele?)  

Para que vocês tenham uma ideia de como e porquê o trailer espantou a industria de games, prendendo todo o publico e cativando até mesmo jogadores que não gostam do genero do apocalipse zumbie. Para quem não viu em 2011, verá agora:




Muito bom, não é mesmo? Um trailer tão bem feito, com duas narrativas, voltando no tempo, mostrando tudo oque aconteceu, cara, esse trailer foi impactante, dando a impressão que o ponto forte do jogo seria o enredo, mas no final, o enredo foi fraco e o jogo também. O jogo é divertido? Sim, ainda mais jogando Coop, os cenarios são bonitos, mas o jogo acaba ficando monotono e repetitivo, você acaba se cansando do jogo e o deixando de lado. Tive amigos que compraram na pré-venda, e depois se decepcionaram em gastar mais de 100 reais em um jogo que prometeu tanto, mas não cumpriu nada.

RESIDENT EVIL: OPERATION RECCON CITY:
Resultado de imagem para Resident Evil operation raccoon city

Se houvesse um premio para a maior decepção do seculo, esse estaria na lista no meio de tantos jogos que tiveram um marketing gigantesco, tantas divulgações e promessas para que depois o resultado fosse muito fraco e nada daquilo que realmente foi prometido. Já sabemos que 2012 não foi um ano muito bom para a industria de games, foi uma decepção atrás da outra e Resident Evil Operation Raccon City está na lista.

Os trailers e a gameplays deixaram todos bem felizes, pois mostrava que que estariamos em Raccon City matando zumbies, oque muitos fãs da serie queriam, que os zumbies voltassem e que fosse em Raccon City, trazendo assim lembranças e nostalgia do Resident Evil 3. Finalmente quando chegou o grande dia, RE ORC finalmente foi lançado, e todos que estavam com o jogo na mão, com a sede de jogar e quando entrou em Raccon City todos já se decepcionaram, O jogo tem várias falhas técnicas, principalmente no que tange a jogabilidade. Mas o problema mesmo é notar que o jogo não tem nada de Resident Evil, tirando o nome é claro. É triste constatar que a franquia da Capcom tornou-se um típico TPS (Third Person Shooter) e deixou aquilo que encantou os fãs de lado, personagens carismaticos, enredo bem feito e o nosso querido Survival Horror. 

WATCH DOGS
Resultado de imagem para watch dogs

Watch Dogs não é um jogo ruim, de fato. É um jogo bastante divertido, mas não foi tudo aquilo que foi demonstrado em trailers e gameplays. Esse foi o jogo que tivemos uma lição: Não se deixem comprar pelo o Hype, ele te engana, deixem a versão final de um jogo mostrar aquilo que ele vale, uma demo ou um trailer não é o verdadeiro indicador de um game. 

O Hype de Watch Dogs foi tão grande que já pensamos que ele seria o jogo do ano, pois nós vimos graficos extremamente magníficos pra sua época, já pensamos que a Ubisoft investiu em um novo motor grafico. Movimentação bem fluída, a física perfeita, explosão bem feitas. Mas no lançamento final, vimos apenas "um mais do mesmo" um jogo comum no padrão daqueles da epoca. 

Nem preciso falar muito sobre a decepção que esse jogo causou, né? Muitos que viveram a geração passada sabe da frustração que esse game causou na época. 


THE DIVISION:

Resultado de imagem para the division

Eu estava falando do enorme Hype do Watch Dogs? Pois é, o de The Division foi maior ainda. A Ubisoft não nos deixava esquecer do jogo sempre lançado novos trailer, imagens, gameplays, comentários, etc. Foi um game que entrou nas nossas cabeças e que nos encantou, mas acabou escorregando em sua própria ambição, e hoje em dia o tempo passou e ele está sendo esquecido. Ele e muitos outros sofreram o verdadeiro DownGrade!


Aqui estamos com a ultima decepção da lista, sim, eu sei, faltou muitos aqui mas infelizmente eu nao consigo lembrar de todos. Talvez eu traga uma continuação desse post :)

29 de set de 2016

Novo video de Gameplay de Dishonored 2 é divulgado!

Foi divulgado hoje (29) um novo video de gameplay de Dishonored 2, game que está sendo desenvolvido pela a Bethesda Softworks e a Arkane Studios. Dishonored 2 é a sequencia do aclamado jogo lançado na geração passada que foi muito bem recebido e aclamado pelo os jogadores.  A Nova Gameplay lançada tem a duração de 8 minutos e 21 segundos, e já da pra ver assassinatos e habilidade sobrenaturais
Resultado de imagem para Dishonored 2

Uma das novidades do Dishonored 2 é a possibilidade de escolhas entre dois protagonistas ao longo do game, poderemos optar por  Corvo Attano, e entre ne pele do protagonista do titulo anterior, ou então a Emily Kaldwin, a menina que temos que salvar no primeiro jogo. Os dois personagens tem habilidades diferentes, o que deixa a total liberdade do jogador a escolher qual faz mais o seu estilo de jogo. 



Como podemos ver na gameplay acima, o game possui novas habilidades sobrenaturais, um cenário muito mais bonito e novos personagens, todavia o jogo não perdeu sua essência e ainda continua muito parecido com o primeiro jogo,principalmente os gráficos, que não recebeu muitas mudanças

Dishonored 2 tem previsão de lançamento para o dia 11 de novembro deste ano no Xbox OnePlayStation 4 e PC.

28 de set de 2016

Quatro novos jogos são adicionados à retro do Xbox One

Como todos sabem, o sistema de Retrocompatibilidade do Xbox One está soltando aos poucos os jogos do nosso querido Xbox 360. Ontem (27) foi anunciado a nova lista com mais 4 jogos que estarão disponivel nesse sistema, e Call of Duty: World at War  é o destaque.
Resultado de imagem para cod world at war
World at War não é o primeiro Shooter da Activision a sair pra Retro, também temos o Call of Duty 2 e Call of Duty 3, Além de World at Wat, temos os FunTown Mahjong, Encleverment Experiment, e E4: Every Extend Extra Extreme que também foram adicionados a lista. 

A Serie é tão aclamada pelos fãs que entrou na função que quatro entre os cinco jogos mais votados são da franquia de tiro em primeira pessoa. Call of Duty: Black Ops II é o que possui mais votos, contabilizando atualmente mais de 191 mil votos, ficando acima mesmo até de The Elder Scrolls V: Skyrim, que foi votado mais de 167 mil vezes.

Aqueles que possuírem o jogo que está presente na lista da retrocompatibilidade, é só ir na biblioteca de jogos do Xbox One baixa-lo. Já quem possui a cópia física, é só introduzir o disco no console e baixar uma atualização solicitada pelo aparelho.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...